October 11, 2019

Um DEGRAU!


“PARA SI UM DEGRAU. PARA MIM UMA PORTA FECHADA”

Campanha da Associação Salvador

E se fosse a um restaurante, a uma loja ou a outro local qualquer, não conseguisse entrar, e tivesse que voltar para trás?

Mais de 500 postais foram entregues em espaços não acessíveis, apenas em Lisboa! Vivemos no século XXI e ainda nos deparamos com esta falta de acessibilidades. Algo tem de mudar.

A mudança passa pela aplicação da legislação em vigor, passa pela fiscalização e pela responsabilização dos prevaricadores, sejam eles pessoas singulares ou colectivas, publicas ou privadas. Esta deve ser uma exigência de todos e todos devemos dar nota das irregularidades que vamos testemunhando diariamente.

Clique na imagem

Faça a diferença!

Comece já, torne o seu espaço acessível, sensibilize 'o café' onde vai todos os dias e, caso o problema persista, use a APP +Acesso Para Todos





Para o Minuto Acessível,
faça um 'like' e deixe aqui o seu contributo: minuto.acessivel@gmail.com

September 27, 2019

Fui à loja!


"Hoje fui a uma loja de serviços.
Para realizar esta simples tarefa, aparentemente banal, deparei-me com diversos obstáculos…

Salvador Mendes de Almeida, fundador da Associação Salvador,
a tentar aceder a uma loja de serviços, em Lisboa
O caminho que percorri, com menos de 1 km, foi bastante difícil de fazer. A maioria dos passeios não estão rebaixados e têm muitos buracos. Alguém, como eu, que se desloque numa cadeira de rodas, encontra muitas dificuldades. 

Quando finalmente cheguei à loja de serviços, constatei que não era acessível...

Como estava sozinho tive de pedir a uma pessoa que teve amabilidade de entrar e chamar um funcionário à rua. Lá fora expliquei e dei as indicações para a minha encomenda seguisse para o destino, e depois tive de dar o código do meu cartão de multibanco a uma pessoa para este pudesse fazer o pagamento dentro do estabelecimento…

Imaginam como esta situação é chata?

De volta para a praça do Saldanha decidi contar em quantos estabelecimentos conseguiria entrar com a minha cadeira... nem vão acreditar!  Numa rua bastante movimentada e cheia de comércio, apenas encontrei 3 espaços acessíveis...

Como é que isto ainda é possível?

Naqueles instantes senti-me revoltado e fiquei indignado com as entidades da minha cidade e do nosso País que deviam fiscalizar o cumprimento da Lei. São poucos os que respeitam a lei das acessibilidades e da não discriminação, normas com mais de 20 anos.


Com recurso à APP +Acesso para Todos tive a oportunidade de fazer cerca de 20 reclamações. Espero mesmo que estes locais se tornem acessíveis em breve. Se cada um de nós se preocupar com a temática das acessibilidades, a mudança será muito mais rápida e eficaz".



e contribua para que o nosso país se torne mais acessível.



Relacionado:



Para o Minuto Acessível,
faça um 'like' e deixe aqui o seu contributo: minuto.acessivel@gmail.com


August 29, 2019

Acessibilidade PORTÁTIL


As barras Mobeli da Roth são a solução ideal para maximizar a independência de todos aqueles que necessitam, por exemplo, de casas de banho adaptadas. São portáteis, fáceis de transportar, ajustam-se ao perfil de cada um e a sua aplicação é simples.

Nunca foi tão fácil tornar uma casa de banho acessível a todos
  
As barras são colocadas rapidamente – sem perfuração – e soltas com a mesma facilidade. As placas de sucção têm 4,6 "de diâmetro, são feitas de uma mistura de borracha adequada para o efeito, e fixam-se logo que pressionadas sobre qualquer superfície lisa que não seja porosa.


Existem diversas soluções para otimizar a acessibilidade 
aos vários equipamentos de uma casa de banho.



Onde posso adquirir este equipamento?

aceda AQUI

Contacte o Grupo MOBILITECum fornecedor que procura soluções para atenuar as dificuldades que as pessoas com mobilidade reduzida sentem no seu dia-a-dia.








Para o Minuto Acessível,
faça um 'like' e deixe aqui o seu contributo: minuto.acessivel@gmail.com

August 13, 2019

EXCLUÍDOS à mesa!

Muitos restaurantes e/ou zonas de restauração, não têm mesas adequadas para acomodar pessoas com deficiência. Este problema é mais evidente para todos aqueles que usam uma cadeiras de rodas.

Na maior parte dos casos, a mesa não permite que a cadeira de rodas se posicione por baixo do tampo da mesa. A altura não é suficiente e a pessoa com deficiência fica impossibilitada de fazer uma aproximação frontal, o que significa que terá de se posicionar de lado durante a refeição. Noutros casos, quando a altura não é o obstáculo, a aproximação frontal também não é possível porque os pés da mesa o impedem. Em qualquer caso, comer à mesa nestas situações é difícil e desconfortável.

Estes espaços, de usufruto público, têm que cumprir as normas relativas à acessibilidade, mas não o fazem. É estranho que as entidades fiscalizadoras não tivessem detectado esta infração, aquando da emissão do respectivo licenciamento.

Recentemente, o OUTLET STRADA em Odivelas renovou por completo a sua zona de restauração. Surpreendentemente, não existe uma única mesa que permita que uma pessoa que se desloque em cadeira de rodas tenha uma refeição confortável. 
Quem desenhou a solução? 
Quem fiscalizou?

Em muitos casos, a altura, a largura ou os pés da mesa, são um obstáculo

  
Em sentido contrário, a zona de restauração, por exemplo, do Fórum Sintra, é totalmente acessível e as mesas são adequadas a todos os públicos. 

O Forum Sintra tem uma solução simples e inclusiva




Para o Minuto Acessível,
faça um 'like' e deixe aqui o seu contributo: minuto.acessivel@gmail.com

August 8, 2019

Prémio Cidade Acessível 2020


Anualmente, o Prémio Cidade Acessível reconhece o esforço das cidades europeias para se tornarem mais acessíveis a pessoas portadoras de deficiência e a idosos.



A Comissão Europeia convida à participação no Prémio Cidade Acessível, uma competição europeia que visa premiar as cidades empenhadas em melhorar a acessibilidade para todos os cidadãos, de modo a garantir igualdade de direitos e melhorar a qualidade de vida de todas as pessoas.

Em 2020, prevê-se que a UE tenha cerca de 120 milhões de pessoas portadoras de deficiência e com o envelhecimento da população, torna-se essencial que as cidades sejam acessíveis para todos.

Este prémio pretende incentivar as cidades a partilhar as suas experiências. O Prémio Cidade Acessível é organizado pela Comissão Europeia juntamente com o Fórum Europeu da Deficiência.


Portugal tem cidades pouco acessíveis. Já foi pior, mas a este ritmo talvez em 2050 possamos concorrer.



Até 11 de setembro estão abertas as Candidaturas à 10.ª Edição do Prémio Cidade Acessível 2020.


Para o Minuto Acessível,
faça um 'like' e deixe aqui o seu contributo: minuto.acessivel@gmail.com

July 24, 2019

Um mini-ROBÔ na sua mão!

O Liftware Level é um novo dispositivo robótico projetado para ajudar as pessoas com mobilidade limitada dos membros superiores – mão e braço – por forma a conseguirem manipular de forma adequada os talheres durante a refeição.



Essa mobilidade limitada pode estar associada à paralisia cerebral, lesão da medula espinhal, doença de Huntington, doença de Parkinson ou deficits pós-AVC.


O Liftware foi criado para ajudar a solucionar muitos destes problemas. 
Possui um sistema estabilizador e nivelador, o que faz com que a colher nunca vire, independente do movimento que a mão fizer. 



Saiba mais AQUI


Para o Minuto Acessível,
deixe aqui o seu contributo: minuto.acessivel@gmail.com

July 16, 2019

112 Auditivo


Surdos já podem chamar o 112 sem pedir ajuda


Entrou em funcionamento esta segunda-feira, com dois anos de atraso em relação ao anunciado, uma aplicação que vai permitir aos cidadãos surdos chamarem sozinhos o 112 em caso de emergência, a qualquer hora do dia ou da noite. Trata-se de uma funcionalidade gratuita que inclui video-chamadas e mensagens escritas de telemóvel, mas que por enquanto ainda só fica disponível para o sistema Android. 

A primeira coisa a fazer é descarregar a aplicação no site do 112. Uma vez feito o download, um botão redondo no centro do ecrã permite fazer a video-chamada, que é atendida nos serviços de emergência por um intérprete de língua gestual. À medida que o utente vai descrevendo a situação, esta vai sendo transmitida em linguagem verbal pelo intérprete a um assistente do Centro de Orientação de Doentes Urgentes, que é quem aciona os meios necessários à resolução do problema.
 

Funcionalidades desta APP: 

  • Videoconferência com acesso a tradução simultânea através de intérprete de LGP;
  • Geolocalização do utente;
  • Envio de mensagens pré-definidos e personalizadas;
  • Envio de mensagens livres pelo cidadão com deficiência auditiva.



No passado, e em parceria com a Federação Portuguesa das Associações de Surdos, a GNR já tinha lançado o smsSegurança, destinado a facilitar a vida a quem não consegue ouvir. Trata-se de um serviço que permite o envio de mensagens escritas em situações de emergência para o número 96 10 10 200 ou para o site desta força de segurança. Quem precisar de recorrer a ele deve escrever na mensagem o seu nome, o local onde se encontra e uma breve descrição da emergência. Entre 2013 e 2018 este serviço recebeu 703 mensagens.





Foto: Sábado


Para o Minuto Acessível,
faça um 'like' e deixe aqui o seu contributo: minuto.acessivel@gmail.com