June 14, 2019

Blocos em Braille


LEGO lança Blocos em Braille para crianças cegas.


LEGO lança Blocos em Braille para crianças cegas e com deficiências visuais. O objetivo da marca de brinquedos é permitir que cegos e deficientes visuais tenham a oportunidade de aprender através dos famosos blocos da LEGO.

A partir daí a ideia foi desenvolvida numa parceria entre a LEGO e várias associações de apoio a pessoas com deficiência visual, em diversos países.

O grupo LEGO pretende adaptar as clássicas peças coloridas e transformar cada uma numa letra do alfabeto Braille, tornando-se um brinquedo educativo no desenvolvimento de aprendizagem de crianças invisuais ou com deficiências visuais.


O seu potencial pedagógico foi pensado especialmente para crianças com necessidades especiais, de aprender a ler, a escrever e a construir de uma forma estimulante e educativa, usando um elemento simples e divertido: os famosos blocos da LEGO.



Saiba mais em:


Associação ACEGIS reconhece-se enquanto entidade de referência nas áreas estratégicas da cidadania, inclusão, igualdade de género, empreendedorismo e inovação social.



Para o Minuto Acessível,
deixe aqui o seu contributo: minuto.acessivel@gmail.com

May 17, 2019

Votar em BRAILLE


Pela primeira vez em Portugal as pessoas com deficiência visual vão poder votar nas próximas eleições europeias de forma autónoma, segura e secreta. Os boletins em braille vão estar disponíveis em todas as mesas de voto.

Agora os eleitores com deficiência visual podem optar entre votar sozinhos, com a ajuda da matriz, ou acompanhados, como tem sido feito até ao momento.


   Que deve fazer:
Boletim em Braille


  1. O eleitor identifica-se junto da mesa;
  2. Caso o eleitor considere necessário validar a ordem das candidaturas, pode solicitar à mesa o acesso à nota explicativa, contendo a identificação dos partidos e coligação, bem como a sua ordenação no boletim de voto;
  3. O eleitor deve dar indicação à mesa que pretende exercer o seu direito de voto recorrendo ao apoio da matriz de voto em braille;
  4. A mesa deve preparar o boletim com a matriz em braille, para suporte ao exercício de voto;
  5. O eleitor deve dirigir-se à cabine de voto e aí exercer o seu direto de voto, utilizando a indicação no número de candidatura existente na matriz de voto;
  6. O eleitor deve retirar o boletim de voto dentro da matriz em braille e dobrar o boletim “em quatro”. O lado não impresso está indicado pelo relevo da linha guia que se encontra do lado esquerdo.
  7.  De seguida, entrega a matriz e o boletim de voto ao presidente da Mesa;
  8.  O voto é inserido na urna pelo presidente de mesa e o documento de identificação é entregue ao eleitor.



É algo que nunca aconteceu no nosso país, possibilitar pela primeira vez que as pessoas com deficiência visual possam votar autonomamente, possam ter a certeza de que votam no partido ou na coligação que desejam", destacou Tomé Coelho, Presidente da Direção Nacional da ACAPO





Para o Minuto Acessível,
deixe aqui o seu contributo: minuto.acessivel@gmail.com

April 23, 2019

+Acesso Para Todos versus AccessNow

Use e ABUSE destas APPs

Lançada no Canadá, a APP AccessNow tem como objectivo compartilhar informações sobre locais acessíveis em todo o mundo. Pretende-se mapear o máximo de lugares possíveis e com a ajuda de todos será mais rápido, mais fácil e mais credível.


No ‘final-do-dia’, queremos transformar o maior número de pinos vermelhos, que indicam lugares não acessíveis, em pinos verdes, acessíveis. Ajude-nos a remover barreiras um pouco por todo o Mundo.


Em Portugal, a Associação Salvador lançou a APP +Acesso Para Todos, uma aplicação que para além de mapear os locais acessíveis, denuncia formalmente as situações que violam a Lei das Acessibilidades.


Qualquer um de nós pode, em qualquer momento, sem recorrer ao livro de reclamações, avançar para a criação de uma reclamação oficial, que a aplicação reencaminha de forma automática para as entidades responsáveis pela fiscalização do cumprimento do Decreto-lei 163/2006 — o Instituto Nacional para a Reabilitação (INR) e as Câmaras Municipais respectivas. De imediato recebem no vosso email o conteúdo da reclamação e a Associação Salvador acompanha o seguimento das queixas, informa os espaços visados pelas denúncias e dá sugestões de como corrigir os problemas.




Para o Minuto Acessível,
deixe aqui o seu contributo: minuto.acessivel@gmail.com

April 10, 2019

Inclusive Future



A Plataforma DESIGN THE FUTURE, que ajuda a escolher cursos e carreiras, 
investe na inclusão.


Contribuir para a inclusão das pessoas com deficiência no mercado de trabalho passou a ser uma meta ativamente prosseguida pela plataforma vocacional Design the Future, graças a uma parceria feita com o Inclusive Community Forum – ICF – recentemente anunciada na sede da Nova SBE, em Carcavelos.

Neste momento, são muitos os vídeos disponibilizados na Design the Future que mostram exemplos de pessoas com deficiência integradas com êxito no mercado de trabalho. A iniciativa é o resultado de um projeto da Nova SBE e do ICF e o desafio que lançaram à Design the Future foi o de incluirmos e darmos destaque numa nova secção – a que chamámos o Inclusive Future – casos de sucesso e de empregabilidade de pessoas com algum tipo de deficiência, seja cognitivo, seja físico, explicou Inês Menezes, a responsável que lançou a plataforma vocacional há pouco mais de três anos.



Um dos testemunhos relatados em vídeo é o de Rodrigo Santos
Um jurista empregado na Fundação para a Ciência e Tecnologia que, o facto de ser cego, não o impediu de terminar o seu curso, ser integrado no mercado de trabalho, e estar agora a preparar a sua tese de mestrado.




A Plataforma integra, atualmente, mais de 200 vídeos com duração de 3 a 5 minutos, com reportagens e entrevistas com representantes de determinada profissão/função em diversas áreas. Cada vídeo é acompanhado de textos e percursos académicos que sugerem a oferta académica disponível para cada profissão.



O objetivo é que cada utilizador possa ter acesso às atividades profissionais que melhor se relacionam com o seu perfil vocacional e objetivos, permitindo uma escolha mais consciente e informada das oportunidades que o mercado de trabalho oferece.

< aceda AQUI à plataforma - clique na imagem >






Para o Minuto Acessível,
deixe aqui o seu contributo: minuto.acessivel@gmail.com

April 5, 2019

Manual de Utilizador TUR4all



O guia para o ajudar a ser um Promotor 
da Acessibilidade! 



Saiba mais AQUI



Para o Minuto Acessível,
deixe aqui o seu contributo: minuto.acessivel@gmail.com

March 31, 2019

Vem comigo!

Há que olhar para o copo meio-cheio



Para o Minuto Acessível,
deixe aqui o seu contributo: minuto.acessivel@gmail.com

March 16, 2019

Transcrição Instantânea


A Transcrição Instantânea é um novo serviço de acessibilidade desenvolvido pela Google, pensado para pessoas surdas e com perda auditiva. Através da revolucionária tecnologia de reconhecimento de voz automático, a Transcrição instantânea efectua uma transcrição em tempo real de voz para texto no ecrã, para que possa participar com toda a facilidade em conversas em qualquer lugar. Além disso, pode manter um diálogo constante ao escrever a sua resposta no ecrã. 



O serviço já suporta a transcrição em mais de 70 idiomas e dialetos embora o lançamento da APP esteja a ser gradual.

Saiba mais AQUI



Para o Minuto Acessível,
deixe aqui o seu contributo: minuto.acessivel@gmail.com